loader image

Sobre Debora Mocelin

A nutricionista Débora Mocelin aplica seus conhecimentos de maneira personalizada prescrevendo dietas e utilizando produtos voltados à saúde, gerenciamento de peso, suplementação esportiva e beleza. Tudo para que você encontre o bem-estar que procura.

Com pós graduações em Nutrição esportiva, Fitoterapia aplicada à nutrição funcional  e  vários outros cursos, trabalhou como Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento de Suplementos Nutricionais e Esportivos na Nutrilatina e também em um time de futebol no Rio de Janeiro. Além disso, realiza assessoria e consultoria para academias, escolas, revistas e sites. Na TV transamérica participava de um quadro semanal chamado Vida Saudável e foi indicada ao Prêmio Personalidades TOP VIEW – Grupo RIC como nutricionista do ano.

Após muitos anos de trabalho, constância de hábitos e seguindo o que  acredita sobre Nutrição, decidiu competir  pela IFBB na categoria Bikini Fitness se consagrando Campeã Sulbrasileira.

Sobre Debora Mocelin

A nutricionista Débora Mocelin aplica seus conhecimentos de maneira personalizada prescrevendo dietas e utilizando produtos voltados à saúde, gerenciamento de peso, suplementação esportiva e beleza. Tudo para que você encontre o bem-estar que procura.

Com pós graduações em Nutrição esportiva, Fitoterapia aplicada à nutrição funcional  e  vários outros cursos, trabalhou como Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento de Suplementos Nutricionais e Esportivos na Nutrilatina e também em um time de futebol no Rio de Janeiro. Além disso, realiza assessoria e consultoria para academias, escolas, revistas e sites. Na TV transamérica participava de um quadro semanal chamado Vida Saudável e foi indicada ao Prêmio Personalidades TOP VIEW – Grupo RIC como nutricionista do ano.

Após muitos anos de trabalho, constância de hábitos e seguindo o que  acredita sobre Nutrição, decidiu competir  pela IFBB na categoria Bikini Fitness se consagrando Campeã Sulbrasileira.

“ Nutricionista filiada a ASBRAN - Associação Brasileira de Nutrição e ABNE – Associação Brasileira de Nutrição Esportiva. ”

Saúde, Boa Forma e Bem Estar

É preciso pensar em uma maneira de se alimentar para viver mais e melhor! Para que isso se torne realidade precisamos adotar novos hábitos e incluir fontes de nutrientes em nosso dia a dia. Diariamente estamos renovando diversas estruturas do corpo, as células da pele, os fios de cabelo, as enzimas digestivas, a saliva, as células do intestino, o sangue. E para que haja esta renovação é fundamental a entrada de nutrientes provenientes da alimentação.

Um dos principais pontos a serem modificados é combater a monotonia alimentar, variando o preparo dos alimentos, experimentando sabores e conforme a necessidade , utilizar suplementos alimentares como “alimentos que servem para complementar, com calorias e/ou nutrientes, a dieta diária, em casos onde sua ingestão, a partir da alimentação, seja insuficiente ou quando a dieta requer suplementação.” O suplemento corresponde a um “concentrado” de vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas ou gorduras (ômegas) e deve ser indicada sempre por um profissional de nutrição que precisa identificar as deficiências de cada paciente para orientá-lo corretamente em sua alimentação, complementando os nutrientes que não puderem ser ingeridos na quantidade necessária.

Consultas

Vídeos

Revistas

Melhor resultado na academia

Aumentar massa muscular, queimar gorduras, condicionamento físico ou até mesmo preservar a saúde …

Desperte o desejo dela

O inverno esta terminando, e as noites longas. As meias grossas e o desejo de se empanturrar de carboidratos …

Depoimentos

Os depoimentos foram realizados pelos(as) próprios(as) pacientes, que autorizaram a sua divulgação, relatando as suas experiências e não atribui resultado a produtos, equipamentos, técnicas ou protocolos, de acordo com a resolução CFN n 599, Art 58.

Baixe E-Book Gratuito

Contato

Perguntas Frequentes

Infelizmente nem tudo na vida são calorias. De onde essa caloria vem, a hora que você a consumiu, combinada com o que, e principalmente a análise do dia inteiro e não somente de refeições isoladas são fatores fundamentais no desenvolvimento de massa muscular e ou na perda de gordura. "Posso comer tal coisa? Vai me fazer bem?" ou "O suplemento tal é bom pra eu usar?" - Esse tipo de resposta não tem como ser dado de maneira superficial. Se a dieta de uma pessoa é adequada ou não, depende de quem é essa pessoa, do objetivo que ela tem, sua rotina diária de trabalho, de atividades físicas, e de analisarmos o dia (se possível a semana toda) da pessoa como um todo, e não uma ou outra coisa isolada que foi ingerida. Um bom planejamento profissional, organização e comprometimento é que vai garantir o sucesso da sua dieta. Sim, você só vai conseguir manter a dieta no seu dia a dia se você planejar o que vai consumir em cada uma das refeições e se organizar para isso. Atualmente existem também muitas empresas que através da dieta prescrita do seu nutricionista, elaboram os pratos e entregam no endereço que precisar.

Quando criamos o hábito de preparar nossas refeições com antecedência, dificilmente furamos a dieta por não termos o que comer. Um “probleminha comum” que pode acontecer para quem já está no ritmo da dieta é acabar enjoando daquilo que está comendo. Para isso não tem saída a não ser conversar com o nutricionista sobre outras opções de montar o cardápio do dia a dia com opções gostosas e saudáveis de acordo com as suas preferências e objetivos. O importante é encarar a dieta como uma reeducação alimentar, como um novo estilo de vida para manter sua cintura fina e a saúde em dia. Ao optarmos por estarmos bem conosco e com nosso físico tudo se torna mais prazeroso e deixa de ser uma obrigação.

Nós podemos e devemos evitar o açúcar de todas as formas mas para nos ajudar nessa guerra diária existem algumas opções saudáveis que podem ser consumidas uma vez ou outra sempre com moderação e adaptar o paladar aos poucos com a retirada do açúcar.

O IMC, Índice de Massa Corpórea, um dos índices mais difundidos na mídia para se medir o peso ideal é calculado pela simples fórmula: Peso, dividido pela sua altura elevada ao quadrado. Na prática, em muitos momentos torna-se impreciso, pois encontramos várias pessoas dentro do peso “saudável” com um percentual de gordura corporal elevado, ou seja, este é o “falso magro”. É bom entender que a gordura corporal possui “maior volume e menor peso” e a massa muscular o contrário, “menor volume e maior peso”. O importante então é manter em mente: Você não quer perder músculos, você quer manter ou aumentar, caso seja seu objetivo, mas perder é uma péssima idéia. Para saber a sua composição corporal existem várias formas, portanto as mais utilizadas são: a Bioimpedância tetrapolar e o Adipômetro ou plicômetro. A bioimpedância funciona emitindo sinais elétricos imperceptíveis enquanto percorre o corpo todo. Após alguns segundos o aparelho fornece dados de equações matemáticas sobre a composição corporal do indivíduo a partir de sua altura, peso, idade, sexo e níveis de atividade física que costuma se submeter. Já o adipômetro é capaz de medir a gordura corporal de cada parte de corpo, mas é necessário bastante prática do avaliador. É fundamental que esse controle seja realizado periodicamente para saber os resultados reais de cada paciente.

Muito cuidado na hora de consumir por contra própria ou sem uma avaliação adequada. A prescrição destes suplementos se dá a partir de uma análise detalhada da ingestão de nutrientes através de sua alimentação, para identificar carências e excessos, exames laboratoriais, composição corporal entre outros. A idéia de quanto mais, melhor para aumentar massa muscular, não é verdadeira, pois o excesso pode trazer efeito contrário ou indesejado. A nutrição também não é importante somente antes ou após o treino, mas sim durante o restante do dia, pois o músculo pode levar até 72 horas para se recuperar. O mesmo acontece para quem deseja perder peso. Ao invés de emagrecer pode acumular mais gordura. Não adianta achar que ficar sem comer pode levar você mais rápido à queima de gordura. Com pouco combustível, a tendência do corpo é economizar através de uma adaptação metabólica e fazer você gastar menos calorias.

Com os vastos meios de comunicação, o acesso à informação pela população é bem maior, sendo comuns publicações com “dietas milagrosas” ou a “dieta da amiga” ou do “colega da academia” que prometem emagrecimento rápido e fácil mas que causa muita confusão sobre questões alimentares individuais. Infelizmente um indivíduo sem formação em Nutrição vai encontrar dificuldade em “filtrar” as informações encontradas na internet. O problema é que a cada dieta realizada por conta própria ou por alguém despreparado dando as coordenadas, a chance do seu corpo fazer adaptação metabólica é grande e futuramente fica mais fácil engordar e difícil emagrecer.

Depoimentos

Os depoimentos foram realizados pelos(as) próprios(as) pacientes, que autorizaram a sua divulgação, relatando as suas experiências e não atribui resultado a produtos, equipamentos, técnicas ou protocolos, de acordo com a resolução CFN n 599, Art 58.

"Lembro da primeira vez que fui consultar com a Débora, cheguei sem muitas esperanças e ao mesmo tempo com um pouco de resistência em ter que parar de comer as coisas que eu gostava. Quando chegou a dieta logo fui ao supermercado e aos poucos fui percebendo que fazer dieta não era tão ruim assim. Quando comecei a ver meu corpo mudando ai sim vem todo aquele sentimento de felicidade e gratidão. Com ela aprendi a fazer dieta e pegar gosto por uma alimentação saudável e mais ainda, por estar extremamente feliz com a minha imagem no espelho, tudo isso reflexo de um trabalho extremamente competente e bem feito dessa nutri que é tão linda e tão inspiradora! Tenho muito a agradecer, por ela e com a dieta dela cheguei a ter o melhor corpo que já tive e vai muito além disso, uma auto estima boa, um amor próprio lá em cima! Tudo isso proporcionado por um cardápio feito para mim por uma nutricionista consciente ,sem extremismos. Sou tão fã que indico ela para todo mundo que precisa de um estímulo com uma dieta legal."
Gabriela Menta
Estudante
"As consultas com a Dra. Débora são excelentes. Ela é muito didática no tratamento pois explica o porquê de cada alimento e/ou suplemento com uma dieta extremamente personalizada às suas necessidades. Atenciosa e preocupada com a sua evolução, ela passa receitas deliciosas e saudáveis pra incorporar ao dia-a-dia! Super Recomendo! Resultados positivos com toda certeza!"
Janaína Ravaglio
Arquiteta
"Demorei um certo tempo pra conseguir achar um nutricionista que realmente fizesse eu me sentir segura em uma dieta e feliz com os resultados. Me surpreendi como seguindo a dieta à risca, consegui ver os resultados em muito curto prazo!! O que motiva a cada vez mais melhorar! E isso se torna até fácil quando podemos ter prazer comendo mesmo em uma dieta!"
Caroline Reich Montag
Empresária
"Gostei muito da consulta, atendeu as minhas necessidades me ajudou na perca de peso e a seguir uma dieta super saudável, o acompanhamento online é muito bom me ajudou muito a tirar dúvidas."
Deise Cunha
Estudante
"No início do ano, resolvi sair do comodismo e procurar ajuda para me alimentar corretamente e, consequentemente, melhorar meu físico. Mesmo sempre aparentando ser "magra", sabia que a qualidade da minha composição corporal era ruim. Quando me consultei com a Dra Débora, vi o quanto a gordura corporal estava muito acima do esperado. Recebi o plano alimentar e, para a minha surpresa, que delícia de dieta!! Dei o meu melhor no seguimento do protocolo alimentar que ela passou. O que mais me deixou feliz foi ver que ela considerou tudo o que eu gostava de consumir, sem terrorismos, sem "carbofobia". Passei a comer mais e com qualidade! Amo os alimentos que posso consumir, não os troco por nada (mesmo!). E o resultado veio. Minha disposição aumentou. E minhas medidas corporais reduziram visivelmente! Agradeço a Dra por toda a disponibilidade e atenção em considerar meus objetivos e preferências. Recomendo de olhos fechados!"
Gessica Diosti
Estudante

A Consulta

O atendimento é personalizado e individual e na consulta a nutricionista solicita exames laboratoriais e faz uma análise do seu perfil alimentar e composição corporal, que mensura a gordura, a massa muscular e a água corporal.

As prescrições de dietas e suplementos são baseados nas mais recentes evidências científicas, que envolvem em suas composições combinações de alimentos, nutrientes vitamínicos, minerais e bioativos nas proporções adequadas às necessidades diárias para o funcionamento do organismo, proporcionando equilíbrio, energia e beleza de dentro para fora de acordo com o seu objetivo.

Valores

  • Consulta R$ 300,00 (dieta, suplementação, avaliação com plicometro, suporte online)
  • Pacote promocional: 5 consultas 2x R$ 450,00
  • Bioimpedância tetrapolar: R$ 100,00

Exames Laboratoriais

Você sabia que solicitar exames laboratoriais é uma das competências do nutricionista? Levando em consideração uma abordagem nutricional completa, os exames laboratoriais fazem parte de um conjunto de parâmetros bioquímicos que direcionam o nutricionista na avaliação do estado nutricional do paciente e monitorização dietoterápica para diversas patologias. A partir deste processo, o profissional determinará as prescrições necessárias para que o objetivo nutricional seja alcançado com excelência. Lembrando que para o diagnóstico de doenças você precisará consultar o seu médico.

Na consulta leve seus exames anteriores e caso seja necessário serão solicitados somente os exames para cada momento do acompanhamento nutricional.

Exemplos de Exames Laboratoriais que podem ser solicitados:

PATOLOGIAEXAMES
Estado Geral do PacienteHemograma completo, Albumina sérica
AnemiaFerro, Transferrina, ferritina sérica, Saturação de transferrina, Ácido fólico, Vit B12
DiabetesGlicemia em jejum, Hemoglobina glicada, Frutosamina, Curva glicêmica e insulínica, Insulina basal (HOMA IR e beta), Glicemia pós prandial
Intolerância LactoseTeste de tolerância à lactose
Intolerância GlútenAnti-endomísio (IGA), Anti-gliadina (IGA, IGG), Anti-transglutaminase (IGA), IGA, IGG totais (para comparar com os exames acima)
DislipidemiaColesterol total, HDL, LDL, VLDL, Triglicérideos, PCR ultrassensível, APO a, APO b, Lipoproteína A, Homocisteína
RenalCreatinina sérica, Sódio sérico, Potássio sérico, Uréia, Cálcio (total e iônico), Fósforo sérico, Magnésio sérico, Oxalato, Citrato , Proteína, Gasometria
HepáticaTGO, TGP, Gama GT, Fosfatase alcalina
Estado NutricionalMinerais, Vitaminas
TireóideT3, T4 Livres e totais e TSH, Anti TPO
Desnutrição ProteicaHemograma completo, proteínas totais, proteína ligadora de retinol, índice de creatinina-altura (ICA)
Cofatores antioxidantesZinco, cobre, selênio, manganês

Avaliação Corporal

É bom entender que a gordura corporal possui “maior volume e menor peso” e a massa muscular o contrário, “menor volume e maior peso”. O importante então é manter em mente: Você não quer perder músculos, você quer manter ou aumentar, caso seja seu objetivo, mas perder é uma péssima idéia.

O IMC, Índice de Massa Corpórea, um dos índices mais difundidos na mídia para se medir o peso ideal é calculado pela simples fórmula: Peso, dividido pela sua altura elevada ao quadrado. Na prática, em muitos momentos torna-se impreciso, pois encontramos várias pessoas dentro do peso “saudável” com um percentual de gordura corporal elevado, ou seja, este é o “falso magro”.

Para saber a sua composição corporal existem várias formas, portanto as mais utilizadas são: a Bioimpedância tetrapolar e o Adipômetro. A bioimpedância funciona emitindo sinais elétricos imperceptíveis enquanto percorre o corpo todo. Após alguns segundos o aparelho fornece dados de equações matemáticas sobre a composição corporal do indivíduo a partir de sua altura, peso, idade, sexo e níveis de atividade física que costuma se submeter. É muito importante seguir um protocolo antes dessa avaliação para que não haja alterações nos resultados. Já o adipômetro é capaz de medir a gordura corporal de cada parte de corpo com bastante precisão e a cada consulta o paciente pode controlar a sua evolução.

O valor ideal de gordura varia entre os sexos e de acordo com a idade, mas em linhas gerais, veja a tabela abaixo para boas margens comparativas:

% gordura corporalHomensMulheres
Nível de competição3%-6%9%-12%
Bastante em forma<= 9%<= 15%
Em forma10%-14%16%-20%
Média15%-19%21%-25%
Abaixo da média20%-25%26%-30%
Precisa de atenção26%-30%+31%-40%+

Bioimpedância

Avaliação por bioimpedância Tetrapolar Maltron BF906

É um exame que fornece parâmetros, tais como:

  • Gordura corporal (Kg)
  • Percentual de gordura (%)
  • Massa magra (Kg)
  • Água corporal (l)
  • Água corporal (%)
  • Taxa metabólica basal (kcal)

Preparo para o Teste de Bioimpedância:

24 horas antes da consulta

  • Não consumir bebidas alcoólicas
  • Evitar excesso de café, chá mate, chá preto, chocolate, refrigerante e outras bebidas que contenham cafeína
  • Beber bastante água

3-4 horas antes do teste

  • Jejum (exceto água)
  • Tomar 2 copos de água nas 2 horas que antecedem o teste

Até 30 minutos antes do exame

  • Esvaziar a bexiga
  • Evitar fazer o teste no período menstrual
  • Não tomar medicamentos diuréticos 7 dias antes do teste
  • Não estar febril no dia do exame
  • Contraindicado em caso de marcapasso ou aparelho eletrônico
  • Mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez
  • Pessoas com placas metálicas

Nutrição Esportiva

A nutricionista Débora Mocelin é Pós graduada em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF-RJ) desde 2003.

Obteve reconhecimento científico com trabalho publicado na Revista Brasileira de Nutrição Esportiva.

 
Inicialmente prestou atendimento em diversas academias e consultório próprio e realizou assessoria para lojas e Sites de Suplementos.

A partir de então, trabalhou como coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento de Suplementos Nutricionais e Esportivos na Empresa Nutrilatina. Trabalhava no desenvolvimento de fórmulas, elaboração de textos para as embalagens e acompanhamento de estudos para comprovação técnica e científica. Também realizava atendimento aos atletas de elite patrocinados pela empresa.

Atua em várias áreas do esporte como lutas, natação, vôlei e futebol, onde já foi nutricionista do time América Football Club no Rio de Janeiro. Lá administrava a alimentação e suplementação dos jogadores com o patrocínio da Midway Suplementos conquistado pela própria nutricionista.

Com várias participações em revistas, sites e TV, na área esportiva teve destaque em importante publicação de validade científica na Revista Brasileira de Nutrição Esportiva e preparou um guia de Suplementação para a revista Men’s Health.

Em 2016, aos 37 anos participou de um campeonato de Fisiculturismo como uma forma de se aproximar da realidade dos atletas.

Na consulta, a nutricionista identifica as principais exigências nutricionais desenvolvidas durante treinamentos de alto desgaste físico e muscular. A dieta e os suplementos são específicos para atuar em conjunto e garantir uma nutrição concentrada, balanceada, segura e eficaz. Os nutrientes agem de forma dinâmica com o metabolismo corporal, proporcionando resultados de força, resistência, definição e construção muscular.

Emagrecimento

Com os vastos meios de comunicação, o acesso à informação pela população é bem maior, sendo comuns publicações com “dietas milagrosas” ou a “dieta da amiga” ou do “colega da academia” que prometem emagrecimento rápido e fácil mas que causa muita confusão sobre questões alimentares individuais. O problema é que a cada dieta realizada por conta própria ou por alguém despreparado dando as coordenadas, a chance do seu corpo se adaptar é grande e futuramente fica mais fácil engordar e difícil emagrecer.

Aprenda que nem tudo na vida são calorias. De onde essa caloria vem, a hora que você a consumiu, combinada com o que, e principalmente a análise do dia inteiro e não somente de refeições isoladas são fatores fundamentais no desenvolvimento de massa muscular e na perda de gordura. “Posso comer tal coisa? Vai me fazer bem?” ou “O suplemento tal é bom pra eu usar?” – Esse tipo de resposta não tem como ser dado de maneira superficial. Se a dieta de uma pessoa é adequada ou não, depende de quem é essa pessoa, do objetivo que ela tem, sua rotina diária de trabalho, de atividades físicas, e de analisarmos o dia (se possível a semana toda) da pessoa como um todo, e não uma ou outra coisa isolada que foi ingerida.

A prescrição para a redução de peso e medidas é realizada com alimentos e fórmulas fitoterápicas naturais que auxiliam a saciedade e metabolismo de gorduras por meio de diferentes mecanismos de ação. O tratamento visa a manutenção de medidas e peso ideal de maneira saudável.

Um bom planejamento profissional, organização e comprometimento é que vai garantir o sucesso da sua dieta. E no mais, o importante é encarar a dieta como uma reeducação alimentar, como um novo estilo de vida para manter a sua saúde em dia. Ao optarmos por estarmos bem conosco e com nosso físico tudo se torna mais prazeroso e deixa de ser uma obrigação.

Bariátrica

A atuação do nutricionista deve ocorrer tanto no acompanhamento do paciente no pré-operatório para correção dos hábitos alimentares e reduzir os riscos no momento da cirurgia como após o procedimento para prescrição da dieta pós-operatória. Na emissão do laudo, para realização da cirurgia bariátrica haverá as informações provenientes do seu acompanhamento nutricional.

Durante a consulta é realizado a avaliação nutricional com base nos exames físicos, em dados antropométricos, bioquímicos e na avaliação dietética, que auxiliam no diagnóstico nutricional. Nos casos em que não existam dados bioquímicos suficientes e à disposição do nutricionista, serão solicitados os exames laboratoriais pertinentes para decisão da conduta a ser seguida.

Após a cirurgia, o acompanhamento sistemático deve ocorrer, tendo em vista que a orientação nutricional é fundamental para melhora da terapia, qualidade de vida e bem-estar do paciente.

Para determinação da conduta nutricional a ser seguida no pós-operatório, deverão ser observadas as particularidades da técnica cirúrgica aplicada, no sentido de evitar a desnutrição proteico-calórica e carências nutricionais comuns nos casos de cirurgia bariátrica, prevenir complicações pós-cirúrgicos em nível nutricional e dar continuidade às mudanças de hábitos alimentares e a prescrição da suplementação de vitaminas, minerais e demais nutrientes, deverá observar a individualidade de cada caso e as normas regulamentadoras estabelecidas pelo CFN e ANVISA.

Fitoterapia

A nutricionista Débora Mocelin é pós graduada pela UNICSUL em fitoterapia aplicada à nutrição Funcional para a complementação da sua prescrição dietética.

A fitoterapia pode ser usada na prevenção de agravos nutricionais e de saúde e na promoção ou recuperação do estado nutricional de indivíduos e contempla a utilização de preparações magistrais nas formas farmacêuticas de cápsulas, drágeas, pastilhas, xarope, spray, extrato, infuso, decocto, macerado, tintura, alcoolatura, óleo ou qualquer forma farmacêutica.

Somente nutricionistas que forem formados em especialização/pós graduação latu-sensu em fitoterapia segundo publicação da CFN 525/2013, podem prescrever fitoterápicos em todas as suas formas farmacêuticas. Nutricionistas não especializados só podem prescrever na forma de chá (infusão ou decocção) ou maceradas.

Gestantes

É fundamental que a futura mamãe, durante essa fase especial da vida, seja muito bem orientada para que tenha hábitos alimentares saudáveis e escolha os alimentos corretamente, garantindo a ingestão de todos os nutrientes necessários para a sua saúde e a do seu futuro filho.

É no período de gestação que ocorre a maior transformação no corpo da mulher para criar um ambiente favorável de desenvolvimento do bebê. Tanto do ponto de vista físico como psicológico, a mulher vai passar por várias mudanças.

É nesse mesmo momento que as pessoas começam a dizer que você precisa se alimentar bem. Aí é que a mulher fica confusa. Muitas se sentem liberadas e acabam comendo muito mais do que deveriam. Durante esta fase, você não precisa comer por dois e sim o que você come é duas vezes mais importante. Resumindo, é mais importante a qualidade da alimentação que a quantidade, então se você sempre prestou atenção em calorias e não no alimento que está ingerindo, pense seriamente em inverter esses valores. Como você está gerando uma nova vida, são necessários diversos nutrientes para a formação dos componentes da gestação, crescimento do feto e reservas para todo este período e lactação. A deficiência de algum nutriente pode afetar o crescimento e o desenvolvimento do bebê, assim como minar as reservas da mãe, já que a natureza é sábia.

A dieta para a gestante deve ser prescrita individualmente, levando-se em consideração as características físicas e nutricionais de cada mulher e deverá fornecer a quantidade correta de carboidratos, proteínas e gorduras e conter vitaminas e minerais essenciais como o ferro, cálcio, ácido fólico, iodo, vitamina C, vitamina A, entre outros. Durante todo esse período, espera-se um ganho de peso de 9 à12 quilos.

Não há a possibilidade de se fazer dieta de emagrecimento, caso a mãe tenha engravidado acima do peso ideal, pois pode levar nutrientes em quantidades insuficientes para o bebê. Apenas depois do parto pode se pensar em dieta, com cuidados para não diminuir a produção do leite materno.

Crianças

Na infância ocorre uma taxa significativa de desenvolvimento físico e cognitivo e as crianças precisam de uma série de nutrientes em quantidades e proporções ideais para a sua formação.

A frase “Faz como eu faço, não faças o que eu digo”, ilustra bem a influência que os pais têm sobre os filhos que a partir dos dois anos imitam o comportamento dos pais, inclusive o alimentar. Por esse motivo é importante a reeducação alimentar da família para a prevenção e combate da obesidade infantil e outras doenças relacionadas à nutrição.

Além disso, é muito importante tomar cuidado ao abordar a obesidade ou outro problema nutricional com a criança, lembrando que ela é um ser em formação, seja quanto ao seu crescimento e desenvolvimento quanto ao seu estado emocional.

Enquanto reaprende a comer, para ajustar as necessidades nutricionais de cada criança, existem opções nas farmácias de manipulação para que durante esse período de transição a criança não fique com nenhum déficit. Crianças que estão com dificuldades na adesão de uma alimentação saudável podem ser beneficiadas com suplementos específicos para cada situação, onde podemos adicionar fibras, vitaminas e minerais e outros componentes para auxiliar o tratamento da obesidade e o colesterol, por exemplo. Nada de cápsulas e pós com sabores ruins. Pode-se colocar micronutrientes e compostos bioativos em pós para preparo de iogurte, frapê nutricional para complemento alimentar, gomas de gelatina e tabletinhos de chocolate enquanto vai inserindo uma alimentação saudável e equilibrada no cotidiano da criança.

Personal Diet

Você já pensou em ter um profissional que vai até você, com toda a comodidade e dedicação, exclusivamente para auxiliá-lo com a sua alimentação de forma a torná-la mais saudável e equilibrada ?

Pensou em ter um profissional que contribua para a melhoria de sua qualidade de vida ?

Esse profissional é o Personal Diet. O termo ‘Personal Diet’ designa ‘dieta personalizada’, ou seja, um plano alimentar elaborado por nutricionista baseado nas preferências alimentares do paciente e mantendo um equilíbrio entre os nutrientes.

Serviços oferecidos:

  • Atendimento domiciliar
  • Avaliações de composição corporal e nutricional
  • Prescrição de dieta personalizada
  • Elaboração de lista de compras
  • Visita ao supermercado
  • Diversificação de receitas de acordo com as necessidades e objetivos do paciente
  • Organização de geladeira e despensa

Palestras

Para Você:

Se você não tem tempo e não sabe cozinhar, não se preocupe que são criadas soluções para que esses problemas virem detalhes. Além disso, são apresentados temas específicos para a sua saúde como: hipertensão, diabetes, obesidade entre muitos outros assuntos.

Para a sua cozinheira:

No curso o público alvo são empregadas domésticas, donas de casa e todos os interessados em conhecer como as práticas na cozinha influenciam na saúde e qualidade dos alimentos consumidos. O curso mostra como organizar a sua cozinha, planejar e organizar as refeições e lanches da semana, a importância da higiene alimentar, receitas práticas e ainda como manter os nutrientes dos alimentos.

Para a sua empresa:

São realizadas palestras e avaliações para funcionários com temas específicos para a saúde.

Se você fornece refeições na sua empresa, criamos um manual de boas práticas conforme a legislação vigente com o curso de capacitação em boas práticas de fabricação para manipuladores.

Valores

Consulta: R$ 250,00 (dieta, suplementação, avaliação com plicometro, suporte online)

Pacote promocional: 5 consultas 2x R$ 450,00

Bioimpedância tetrapolar: R$ 100,00

Consulta Homecare: R$ 500,00 (dieta, suplementação, avaliação com plicometro, suporte online)

Melhor resultado na academia

Aumentar massa muscular, queimar gorduras, condicionamento físico ou até mesmo preservar a saúde. Independente do objetivo, além do treino é fundamental a nutrição direcionada através da associação de suplementos e alimentos para alcançar os melhores resultados.

Cada pessoa possui necessidades e metabolismo diferentes, então, se o que seu colega de academia consome dá resultado, o efeito pode ser contrário para você.

Muito cuidado na hora de consumir por contra própria ou sem uma avaliação adequada. A prescrição destes suplementos se dá a partir de uma análise detalhada da ingestão de nutrientes através de sua alimentação, para identificar carências e excessos, exames laboratoriais, composição corporal entre outros. A idéia de quanto mais, melhor para aumentar massa muscular, não é verdadeira, pois o excesso pode trazer efeito contrário ou indesejado. A nutrição também não é importante somente antes ou após o treino, mas sim durante o restante do dia, pois o músculo pode levar até 72 horas para se recuperar. O mesmo acontece para quem deseja perder peso. Ao invés de emagrecer pode acumular mais gordura. Não adianta achar que ficar sem comer pode levar você mais rápido à queima de gordura. Com pouco combustível,a tendência do corpo é economizar e fazer você gastar menos calorias. Um treino que poderia ter um custo de 600 calorias pode passar a ter 400 a 300.

Nem todos os alimentos e suplementos reagem da mesma forma em todas as pessoas. Por esse motivo a prescrição é sempre individualizada. Muitas vezes você está consumindo algo que julga inofensivo à sua silhueta e não é. Pode gerar inchaço abdominal, gordura localizada, intestino preso, dificuldades no emagrecimento entre outros.

O melhor é sempre buscar ajuda profissional!

ALGUNS SUPLEMENTOS UTILIZADOS:

  • Whey Protein
  • Termogênico
  • Aminoácidos
  • Precursores nutricionais
  • Meal replacer
  • Creatina
  • BCAA’s
  • Vitaminas e minerais
  • Maltodextrina / Dextrose
  • Carboidratos em gel
  • Barras de proteínas
  • Barras energéticas
  • Isotônicos
  • Fitoterápicos em geral
  • Hipercalóricos

* Um profissional de nutrição calcula a quantidade correta a ser consumida de acordo com a sua necessidade nutricional e objetivo.

CUIDADO COM O EXCESSO DE VAIDADE: Impulsionados pelos rígidos e equivocados padrões de beleza, duas doenças caracterizadas pela distorção da auto-imagem têm deixado algumas pessoas extremamente magras ou extremamente musculosos. A ANOREXIA e a VIGOREXIA são distúrbios psiquiátricos que necessitam de acompanhamento médico.

Desperte o desejo dela

O inverno esta terminando, e as noites longas. As meias grossas e o desejo de se empanturrar de carboidratos até cair no sono vão frear a libido dela. Compre uma caixa de ArginMax para tirá-la da hibernação sexual. Num estudo britânico, mulheres que tomam esse suplemento declaram um desejo sexual quase duas vezes maior que aquelas que tomaram placebo. “O segredo pode estar na L-arginina, substancia que aumenta a produção de oxido nítrico, relaxa os vasos sanguíneos e aumenta o desejo”, explica Débora Mocelin, do Núcleo de Suplementos Esportivos da Nutrilatina, em Curitiba.

Ferramenta disponível em breve.

Festas de fim de ano

Iniciou a temporada de comemorações. Confraternização no trabalho, com os amigos, em família, Natal e Reveillon. Tudo isso acompanhado de muitos comes e bebes. É nesse momento também que as pessoas se dão conta de que o ano terminou e começam a lamentar todas as promessas que não conseguiram cumprir. Quando se trata de peso e gordura localizada, geralmente é frustrante. Nessa fase de festas e temperaturas elevadas, onde as pessoas se obrigam a utilizar roupas mais leves, que as expõem mais, a culpa entra em cena e a auto-estima despenca.

Está certo que o momento não é favorável para seguir dieta. Portanto como o verão está aí, faz-se necessário segurar o ponteiro da balança tomando alguns cuidados durante esse período:

Faça uma cesta de frutas frescas e uma bandeja com frutas secas. São nutritivas, ricas em vitaminas, minerais e fibras que aumentam a saciedade. Além disso, pode ajudar a enfeitar a mesa.

Tome cuidado com o tamanho das porções. As comidas desta época costumam ser bastante calóricas, por isso prepare porções menores para não precisar consumir nos dias seguintes.

Capriche nos vegetais antes de servir-se com os pratos mais calóricos e prove-os com moderação.

Prefira alimentos assados aos fritos. O alimento quando é frito triplica o seu valor calórico.

Durante o período de festas faça alguma atividade para gastar calorias. Pode ser uma caminhada, uma corrida, pedalada ou mesmo uma chegada à academia.

Modere as entradas, como queijos, pãezinhos, azeitonas antes das refeições.

Como é tempo de comemorar, as bebidas não podem faltar. Troque os vinhos brancos suaves, adocicados, pelos tintos ou brancos secos. Afinal, com moderação, tudo pode ser apreciado.

Antes de chegar à ceia de Natal e Reveillon não pense em deixar de comer ao longo de um ou dois dias, para depois comer tudo o que vier pela frente. Isso é um enorme erro e ajuda a engordar ainda mais! Mantenha uma alimentação saudável, com 5-6 refeições por dia em pequenas quantidades.

Lembre-se que cuidar da alimentação é um grande investimento para a sua saúde, estética e bem estar! E para o próximo ano, a dieta não deve começar do natal até o reveillon, mas sim começar do reveillon até o natal.

Menopausa, nutrientes e compostos

Menopausa é um estágio na vida da mulher no qual ocorre a parada da produção hormonal e conseqüente parada da menstruação. Ocorre entre 45 e 55 anos e a partir desse momento, pela modificação hormonal, muitas mulheres relatam desconfortos como ondas de calor, suores noturnos, insônia, menor desejo sexual, irritabilidade, depressão, diminuição da atenção e memória.

A falta de estrogênio causa as ondas de calor ou fogachos em aproximadamente 75 a 80% das mulheres. Estes são acompanhados por ansiedade, palpitações, sudorese e manchas vermelhas na pele. O estrogênio também é responsável pela textura da pele feminina e pela distribuição de gordura, e na sua falta pode ocorrer diminuição do brilho da pele e um acúmulo de gordura na região abdominal.

Outros sinais de redução hormonal:

  • Redução da massa muscular
  • Comprometimento na produção de colágeno
  • Perda da elasticidade da pele
  • Aumento de colesterol
  • Aumento de triglicerídeos
  • Absorção e captação de cálcio pelos ossos fica prejudicada

Com uma alimentação equilibrada e uso de suplementos alimentares, os sintomas produzidos pela menopausa podem ser minimizados.

Chá branco: Mais rico em catequinas que o chá verde, o extrato de chá branco que vem dos primeiros brotos da Camélia sinensis, aumenta o metabolismo basal, auxiliando no controle de gordura corporal.

Vitaminas e minerais: Aumentam a defesa antioxidante e previnem o envelhecimento cutâneo.

Boro: Mineral envolvido em várias reações químicas e bastante associado a densidade óssea e articulações.

Coenzima Q10: É um antioxidante que está envolvido com o processo de produção energética na mitocôndria. A coenzima Q10 diminui seus níveis com a idade, e a suplementação com esta, aumenta a energia, reduz a fadiga, além de melhorar o sistema imunológico e textura da pele.

ÔMEGA 3: Aumenta a fluidez das membranas celulares, melhora sintomas depressivos e controla a hipercolesterolemia (colesterol alto).

Curcuma Longa (Curcumina): Pode ser utilizado como tempero em alguns alimentos. Possui ação antioxidante.

Resveratrol: Encontrado no vinho tinto e suco de uva, possui efeitos estrogênicos em mulheres pós-menopausadas. Efeito cardioprotetor.

Cuidados nutricionais para a firmeza da pele

A preocupação com a nutrição é um grande aliado para os cuidados da pele. A premissa “nossa pele é o que comemos” ganha mais adeptos e mostra ótimos resultados. Além disso, a pele reflete o equilíbrio nutricional e metabólico de todo o organismo. Estudos mostram que o envelhecimento cutâneo, depende apenas de 30% de genética. Outros fatores, como exposição solar, estresse, alimentação como também o desenvolvimento fisiológico hormonal são os que mais respondem pela capacidade de elasticidade, firmeza e renovação celular.

Muitos alimentos conseguem prevenir os sinais do tempo, como rugas, flacidez e pele sem viço como também ajudam o nosso corpo a envelhecer melhor. Mas é importante saber que este benefício será proporcionado não por um ou outro alimento, e sim pelo equilíbrio das refeições durante o dia e também praticar atividades físicas regularmente.

As aplicações da nutrição para a pele são diversas. Há nutrientes que apresentam a capacidade de impedir o fenômeno natural, como as vitaminas lipossolúveis (A, D, E) e hidrossolúveis (C) que podem ser encontrados, por exemplo, na cenoura, abóbora, mamão, laranja, espinafre e brócolis. Alimentos ricos em vitamina C são essenciais, pois a substância é formadora de colágeno, responsável pela estrutura da pele, mantendo-a “esticada”. Com o passar dos anos, o colágeno vai se fragmentando, principalmente em regiões expostas ao sol e a pele fica sem firmeza. De oligoelementos com a mesma qualidade, merecem ser citados magnésio, selênio e zinco encontrados nos cereais integrais, castanhas, soja e carnes magras.

Em contraposição, os “inimigos” da cútis são: gorduras saturada e trans, carboidrato simples (doces e massas), produtos industrializados (com conservantes, corantes) e embutidos (como salame, paio, mortadela). Estes alimentos geram radicais livres que deixam a pele sem vida e desnutrida. Além disso, quando os açúcares juntam-se com uma proteína, ocorre um processo chamado de glicação celular, o que prejudica a formação de colágeno (proteína que causa firmeza do tecido muscular), provocando a flacidez de tecidos.

Receita para firmeza da pele:

  • ½ copo de suco de laranja concentrado
  • 1 cenoura pequena ralada
  • 2 fatias finas de beterraba
  • ½ copo de água mineral gelada

MODO DE PREPARO: Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e sirva imediatamente.

Este trio garante a firmeza da pele especialmente devido ao conteúdo de vitamina A, bioflavonóides, vitamina C e LPC-A, um precursor na formação de colágeno. A beterraba é campeã nesse composto. O bioflavonóide mais rico na laranja é a hisperidina, que garante maior circulação sanguínea.

SUPLEMENTAÇÃO

A suplementação alimentar visa complementar a dieta para resgatar o equilíbrio antioxidante da pele e também fornecer os substratos envolvidos na síntese e estrutura do colágeno (prolina, glicina, ácido ascórbico, cobre e manganês), na matriz e tecido de sustentação (glucosamina e silício).

Referências Bibliográficas:

  • Shindo Y. J. Invest Dermatol. 100:260-265, 1993.
  • Traber MG, Packer L. Vit E: Beyond antioxidant function. Am J Clin Nutr 32:150 15-95, 1995.
  • Stahl W, Sies H. Physical quenching of singlet oxygen and cis-trans isomerization of carotenoids. Ann NY Acad Sci 691:10-19,1993.
  • Dreno B et al. Changes in cutaneos zinc during skin aging. Ann Dermatol Venereol 119 (4): 263-6,1992.
  • Hojerová J. Coenzime Q10 – its importance, properties and use in nutrition and cosmetics. Ceska Slov Farm 49(3): 119-23, 2000.
  • Allgood VA et al. Vitamin B6 modulate transcriptional activation by multiple members of the steroid hormone receptor superfamily. J Biol Chem 267:3819-24, 2002.
  • Bates CJ et al. Human bioavailability of vitamins. Nutr. Res. 7:93-128, 1994.
  • Komatsu S et al. Antitumor effect of vitamin B6 and its mechanisms. Biochin Biophys Acta 1647:127-30, 2003.

Doce veneno

Todo mundo sabe que os alimentos ricos em açúcar e aqueles que têm alto índice glicêmico (ou seja, que viram açúcar no sangue muito rápido, como pães, doces e massas em geral engordam, principalmente na região abdominal e podem causar problemas de saúde como doenças cardiovasculares, resistência a insulina e/ou diabetes. A má noticia é que a flacidez, também está diretamente ligada ao consumo de açúcar e carboidratos simples ao longo da vida. Esse efeito é cumulativo, ou seja, tudo aquilo que você comeu de açúcar ao longo do tempo vai causando danos ao colágeno, até que chega um ponto em que a flacidez começa a ficar mais aparente, em várias partes do corpo cada vez mais cedo.

A glicose circulante (resultante de altos picos glicêmicos ao longo da vida) se adere a uma molécula de proteína (nesse caso o colágeno), formando os AGES – Produtos de Glicação Avançada, que são altamente reativos e levam à modificação das estruturas proteicas e estimulam o envelhecimento.

Além disso, o alto consumo de açúcar aumenta a formação de radicais livres, que, em excesso, alteram o funcionamento das nossas células favorecendo o envelhecimento celular.

A humanidade não usava açúcar na alimentação. Foi somente nos últimos 300 anos que o açúcar começou a ser produzido e consumido de forma cada vez mais intensa. Essa foi uma forma muito inteligente da indústria enriquecer, pois quem se expõe principalmente na infância, “vicia” o paladar com esse produto refinado químico e depois tem dificuldade em largar ou não consegue viver sem.

E quanto ao adoçante, a recomendação é: Nem açúcar e nem adoçante! Quanto menos, melhor! Aproveite o sabor natural dos alimentos, evite industrializados e tente “desviciar” seu paladar do sabor “doce”. Portanto, durante o processo de redução em algumas preparações você pode usar a estévia (edulcorante mais natural), o açúcar mascavo ou mel com moderação.

Isto porque, quando ingerimos o adoçante, as papilas gustativas presentes na língua percebem o sabor doce e o seu organismo recebe a mensagem que irá receber energia mas não recebe, isso faz com que você sinta mais vontade e compulsão por doces. Além disso, adoçantes sensibilizam receptores para o sabor doce do intestino, aumentando a absorção de glicose e estimulando a produção de insulina.

Mas não se desespere! Conseguimos adaptar o paladar com tempo e paciência. Procure reduzir o açúcar e adoçante gradativamente das preparações e procure um profissional de nutrição para avaliar se essa “vontade” de comer doces não é fisiológica. O que é muito comum, pois como as pessoas se alimentam de forma incorreta em relação a quantidades, proporções, horários e tipos de alimentos, no momento em que seu corpo entende que há falta energia você acaba tendo mais afinidade e vontade por alimentos de rápida digestão e absorção. Nesse caso doces e massas, devido a glicose ser o principal combustível do cérebro e do músculo.

Lembrando que o funcionamento do organismo é dinâmico, para a prevenção do envelhecimento precoce, nossas células precisam frequentemente, de uma série de nutrientes essenciais e de outros cuidados sempre orientados por profissionais qualificados.

DICA: Acrescente canela, orégano e alho no cardápio, pois ajudam a inibir o processo de glicação gerado pelo açúcar.

Frutas cítricas e seus benefícios

Quantas frutas cítricas você consumiu nos últimos dias? Se demorou a lembrar, talvez esteja trocando um dos alimentos mais importantes que a natureza criou por doces, bolachas ou chocolates.

Poderosas, as substâncias presentes nessas frutas são capazes de proteger células contra processos degenerativos e de envelhecimento, prevenir uma lista de doenças, revitalizar e devolver energia ao corpo. Alguns flavonóides cítricos presentes na fruta como a naringerina, a apigenina e hesperidina inibem a aromatase (que é conhecida por aumentar a formação de estradiol) e como consequência a inibição de carcinoma mamário, por exemplo. Também estimula o aumento de testosterona auxiliando no ganho de massa muscular e capacidade de resistir ao estresse.

Um estudo publicado pelo The American Journal of Clinical Nutrition, comprovou que quem inclui frutas cítricas na dieta, apresenta menos rugas do que os que não consumiam.

Além disso, a vitamina C, tem atuação múltipla, ela aumenta a capacidade de absorção do ferro, ajuda na coagulação sanguínea, na cicatrização de feridas e de queimaduras e auxilia no fortalecimento do sistema imunológico (que aumenta a resistência às infecções).

Outras pesquisas revelaram que a casca da laranja é rica em limonóides, substâncias que podem prevenir e controlar o desenvolvimento de certos tumores ao evitar os danos das substâncias tóxicas nas células do organismo. Também é rica em pectina, uma fibra solúvel que ajuda a aumentar a saciedade e reduzir os níveis de colesterol LDL protegendo contra as doenças cardiovasculares.

Para obter esses benefícios é necessário ingeri-las diariamente complementando as refeições com opções saudáveis ao longo do dia e sempre que possível, consumir com o bagaço, que concentra importantes ativos.

As frutas cítricas não são remédios, mas apresentam componentes capazes de prevenir doenças ou reduzir seu risco devido diversos efeitos metabólicos e fisiológicos benéficos à saúde. Vale a pena consumir diariamente !

De onde vem essa gordurinha?

Pedidos de receitas milagrosas para emagrecer, ou acabar com aquela barriguinha, um pneuzinho a mais, aquele culote que não vai embora, chegam todos os dias. Apesar de insistir que não existe uma fórmula milagrosa que se aplique a todos nós, hoje eu vou passar uma dica prática, fácil de fazer, barata, e que pode ajudar muito a resolver o seu problema.

Já vai de longe a época em que os profissionais que lidam com o peso costumavam dizer que só era gordo quem queria, ou que todas as pessoas com mais gordura no corpo eram preguiçosas, relaxadas ou até mesmo mentirosas. Hoje em dia se sabe que não é tão simples assim e que as pessoas têm metabolismos diferentes.

As pessoas podem aumentar peso por vários motivos como: comer demais, metabolismo lento (principalmente por fazer muitas dietas por contra própria), comer pouco e mal, que é a grande maioria, entre muitos outros fatores.

E honestamente o que mais impressiona é a falta de auto-conhecimento. Raros são os pacientes que sabem o que comem, quando comem, quanto comem, e porque comem.

Nesse caso é interessante o Diário Alimentar. A idéia pode ser chata, mas funciona. E tem mais, se você acha que essa gordura a mais te incomoda tanto assim, você não acha que vale o esforço ?

Um estudo feito nos EUA mostrou que quem mantém um diário alimentar não só emagrece mais como também não volta a engordar. Muita gente acaba engordando por pura falta de controle da quantidade e qualidade do que se come, resultando em acúmulo de gordura.

Você vai precisar apenas de um papel e uma caneta ou usar o seu smartfone ou um tablet, se preferir. A idéia é, durante 7 dias, você anotar tudo o que comer ou beber ao longo de todo o seu dia.

E não se esqueça de anotar qualquer tipo de suplemento que venha usando, assim como as coisas mais triviais do dia como uma bala, bebidas alcoólicas, a quantidade de água, o cafézinho e assim por diante.

Garanto a você que no final vai se surpreender! É muito interessante quando a gente consegue se dar conta que nem tudo sai da maneira como imaginamos! Relatar ao médico ou nutricionista o que você “acha” que come é muito subjetivo e por esse motivo anotar é muito importante.

A partir de um relatório bem feito, o profissional pode analisar e compreender muito melhor a sua situação e meio caminho já estará andado quando te prescrever uma dieta feita na medida para você.

Embalagens plásticas, um risco para sua saúde e boa forma

Já percebeu que estamos na era do plástico ? Basta entrar no supermercado e observar tudo à sua volta. A maioria dos alimentos são embalados e acondicionados em embalagens plásticas ou enlatados, bem diferente de algumas décadas atrás! E o que isso pode representar para a nossa saúde? Os primeiros achados mostram que o início da epidemia da obesidade coincidiu com o aumento de químicos industriais no ambiente. E como a obesidade possui causa multifatorial, esse é um fator muito importante a ser considerado.

O Bisfenol-A (BPA) é um composto utilizado na fabricação do policarbonato, um tipo de plástico rígido e transparente. Serve para diluir a resina de poliéster a fim de torná-la mais líquida e facilitar sua laminação. Portanto esse mesmo bisfenol, durante muitas pesquisas vem demonstrando que é uma toxina que migra para os alimentos e após a ingestão, a substância pode provocar uma série de alterações no metabolismo humano, pois age como um “disruptor endócrino”, substância química semelhante a um hormônio, favorecendo o ganho de peso, além de outras doenças que afetam o sistema reprodutivo, neurológico e alguns tipos de câncer.

Muito comum em nosso dia a dia é encontrado nas embalagens plásticas como copos, filmes plásticos, garrafas de água, no revestimento interno de enlatados de comidas e bebidas (para evitar oxidação), embalagens de sucos, como também eletrodomésticos e outros objetos.

Alguns países, desde 2009, proibiram a utilização de embalagens plásticas com BPA. No Brasil, a Anvisa determinou a proibição somente das mamadeiras com BPA (as crianças e as gestantes devem evitar ainda mais essa exposição).

Portanto, outras embalagens ainda contêm, e embora a vigilância sanitária estabeleça normas de controle para a indústria, como muitas pessoas consomem alimentos embalados e enlatados, estão expostas a quantidades maiores de BPA, do que as recomendadas. Parece exagero, mas não é, muitos endocrinologistas também estão preocupados com essa exposição por se tratar de um disruptor endócrino.

O que fazer então? Primeiramente, evitar o uso do plástico como embalagem, restringindo esse uso somente para frutas e vegetais frescos. Deve-se manter líquidos, acondicionados em garrafas de vidro, porcelana ou aço inox. Além disso, evitar beber chás e café ou outras substâncias quentes em copinhos plásticos. Por fim, não aquecer e nem congelar alimentos ou bebidas em embalagens plásticas.

Café da manha: porque nunca deixar de fazer o seu?

Quem nunca pensou em ficar sem tomar o café da manhã para continuar com a barriga bem retinha igual quando acorda? Mas será que isso ajuda no processo de perda de gordura ?

Durante o sono nosso organismo trabalha em um ritmo menor para manter as funções vitais e assim que acordamos, necessitamos de “combustível” para retomar as atividades e iniciar o dia plenamente. Com uma refeição equilibrada oferecemos o que nosso corpo precisa para voltar a trabalhar bem, garantindo bom humor, disposição e concentração. Se não dermos essa energia, adivinha de onde ele tira? Dos músculos! E a gordura? Como esse é um tecido de reserva de energia e garantia de sobrevivência isso leva mais tempo.

A espécie humana é fruto de adaptações evolutivas relacionadas à disponibilidade de alimento. Uma delas é o mecanismo de defesa pelo qual poupamos as nossas reservas de energia – principalmente a gordura, para esse período de “escassez” alimentar. Mesmo se fizer atividade física o seu corpo entende que tem que abrir mão de pouca energia para realizar toda a atividade.

Ficar sem tomar café da manhã e após 4 a 5 horas de trabalho almoçar traz como resultado um corpo que trabalhará mais lento ao longo do dia, evitando gastar energia e guardando o máximo possível a cada refeição. Ao invés de você fazer algo inteligente para emagrecer você está justamente favorecendo a estocagem de energia, ou seja, GORDURA !

Pela manhã é necessário fornecer calorias suficientes para que sejam realizadas as tarefas do dia. Realizar o café da manhã está associado à diminuição da fome nas refeições seguintes o que reduz o risco de comer excessivamente ao longo do dia e começo da noite. Além disso, pessoas que costumam fazer o desjejum logo que acordam têm mais chances de manter ou controlar o peso, demonstrado em muitos estudos.

Faça o teste: Se você é daqueles que fica todos os dias com um café da manhã mínimo ou até mesmo sem comer nada, comece a ter um café completo e saudável. Você pode ganhar um pouco de peso no início já que seu corpo está trabalhando mais lentamente, mas assim que ele perceber que a comida chega como deveria, ele se reajustará e vai gastar mais energia favorecendo o emagrecimento.

E claro que de acordo com idade, sexo, percentual de gordura, tipo de atividade física as quantidades de alimentos são individualizadas.

Exemplo de café da manhã:

  • Café, chá, suco de frutas
  • Pães, biscoitos simples, cereais matinais
  • Mel, geléia sem açúcar, patê de atum, ovos mexidos
  • Frutas

Se não consegue mastigar opte por shakes substitutos de refeição ou vitamina de frutas.

Corpo perfeito, você vai ter um?